sábado, 19 de abril de 2008

A Saudade



Sei que nada acabou, pois sei que nada começou. O mundo apenas se transforma e nessas transformações as coisas podem não ser mais como queremos. Sei que para sempre assim será, que novos horizontes sempre existirão assim como caminhos que a eles levam.

Agora acredito que todos nos trilhamos, cada um, um caminho diferente. Mas o caminhos não são retos, uma hora eles se encontram nas mesmas estradas. E numa dessas estradas encontrei você, choramos e rimos muito enquanto iamos juntos. Com você aprendi muitas coisas e como disse o escritor fiquei eternamente responsável por ter cativado você.

Acontece que um dia chega e nossos caminhos tomam rumo diferentes. É tão rápido a mudança de trajetos que somos pegos desprevinidos e ficamos perplexos. Agora sei que que você vai em outra estrada paralela a minha, me manda sinais que a minha insensibilidade raramente perceberá. Mas por mais dificil que seja, seguirei meu caminho, pois não está tudo acabado e nada é para sempre. Uma vez essas estradas serão perpendiculares e lá no trevo a esperar por mim você estará.

O que me provoca dor é forma repetina de dizer até logo e como algo tão previsivel é por nós tão ignorado. Mas as lágrimas tem coisas boas para nós, limpar a alma e liberar a pressão. Agora cuidarei para aproveitar e viver intensamente minha passagem nessa estrada até o dia que nos encontraremos novamente e possamos seguir juntos.

3 comentários:

Rod Maciel disse...

Legal o seu post, amigo...
Me fez lembrar de uma citação do filme: As pontes de Madison, um dos meus preferidos...

"O amor não segue as nossas expectativas. Seu mistério é puro e absoluto"

Boa semana!!! =)

gguimaraes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
gguimaraes disse...

Assim é a vida. E assim, agente vai passeando por ela...Pudesse eu agarrar alguns momentos e revivê-los sempre. Infelizmente cada um vai ter que seguir seu próprio caminho. Às vezes com bons encontros no percurso, ou separações em alguns momentos. O importante é:

"Tudo é uma questão de manter a mente quieta a espinha ereta e o coração tranquilo" - Walter Franco"