sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Um punhado de assunto

Decidi qual o próximo curso superior:

Errar é humano e insistir no erro é burrice. Talvez seja burrice o que vai acontecer, mas ontem decidi que, custe o que custar, irei fazer Letras/Libras. Talvez não seja custe o que custar, mas minha mãe não quer que eu fique na Educação, ganha pouco, tem responsabilidade demais, pouco reconhecimentos, essas coisas e ela acha que eu tenho um "gênio forte" para com desaforos. Devo ter mesmo e tive de quem puxar, ela. Mas por que isso seria burrice? Bem, Letras/Libras tem como principal campo o que um geógrafo licenciado faz, a Educação que consiste no meu atual emaranhado de problemas, um deles é a fobia que eu tenho de aluno e sala de aula, mas não digam a ninguém.

Agora resta saber se vou precisar recorrer ao vestibular, tentar um edital de portador de diploma ou um processo administrativo junto ao Conselho da Universidade ou sei lá, a ocasião faz o sapo pular e não sabendo que era impossível foi lá e concluiu. Frases feitas são mara. Me inscrevi no ENEM, o que talvez, quem sabe, nem seja necessário. Quem sabe minha mãe me incentive porque ela acha Libras bonito e dê para eu trabalhar com outras coisas, como interprete e cobrar a hora, como um garoto de programa. Talvez quando eu terminar essa próxima graduação eu não tenha apenas mais cultura, mas também me sinta incentivado a continuar na Educação.

A vida social:

Quem sabe eu consiga uma vida social, algo que virou artigo de luxo na minha vida porque eu não tomei muito cuidado com o que tive no passado. Então gente, economize água antes que ela vire algo como é a vida social para mim. Tudo bem, a Vaca Profana me indicou uma nova amiga, gay friendly, que costuma sair para os points - termo década de 1990 - e que tem vários amigos gays. Essa semana finalmente nos vemos, depois de mais de um mês conversando através do TIM Infinity e uma sessão de cinema frustrada pelo meu cartão de débito com a senha bloqueada. Resta agora fazermos algum programa junto, estreitar a amizade, fazer essas coisas, que me faça chorar por ela num dia que eu beber além da conta e ficar emotivo.

Fico meio mal caráter falando assim, mas já estou com certa preguiça da nossa amizade. Todo dia ela liga e eu retorno, mas as conversas estão ficando sem graça, precisamos de novidade. Sem contar que ligar às 23:00 e tanto quando eu assistia ao debate dos presidenciáveis me fez sentir um pouco no "Louca Obsessão". Vou desbloquear o cartão do débito automático e iremos ao cinema.

O Twitter é uma graça, o Blogger ficou apático e o Tumblr é interessante:

Qualquer programa na televisão fica melhor no Twitter, como o debate entre os presidenciáveis. Melhor mesmo é falar com outros blogayros, tudo bem que às vezes dou em cima deles também, mas tem uns com umas barbas ou umas coxas peludas, #lingerieday. Sorte deles morarem longe. Tudo bem, o Twitter anima e como outro blogayro disse, rede social temos, o que não temos é vida social. Aliás, rede social tem esse problema, a gente "conhece" um monte de gente, mas tudo mora longe, porém é um moço do RS que tem me causado dor de cotovelo ultimamente. Mas vai passar, sempre passa.

O Blogger perdeu a graça, ninguém mandou eu parar de comentar nos blogs alheio, mas vou voltar a fazer isso assim que eu não tiver preguiça. O meu último post além de não render um comentáriozinho sequer, até agora o IBGE, a Secretaria Nacional de Direitos Humanos e o Grupo Gay da Bahia responderam a minha pergunta. Me sinto rejeitado e subestimado. Mas deixa, eu teria estranhado se tivessem me respondido mesmo. Como o Blogger tem ficado assim, apático, eu tenho visto o Tumblr e dá vontade de criar uma página lá, ele se parece uma mistura de blog qualquer como Twitter.

Bom, agora deixa eu terminar para o meu contato aqui da igreja inclusiva lá as minhas narrações sobre o falecido, que dias atrás olhei a página dele no Picasa. Preciso limpar o chão da minha casa, como flores do campo, e juntar coragem para falar a ele que sou ateu.

Bem, peixos, me liga.

3 comentários:

Dan disse...

Welll ,chocado aqui com tua nova escolha de curso hehehe.
Mas é aquela coisa,se estar na educação te satisfará,mesmo com as malezas,boa sorte na luta =)

Paulo Braccini disse...

pois então ... vc não pode reclamar ... passa séculos sem postar e a gente tem advinhar se tem ou não coisa nova ... rs

qto à escolha ... ela é a sua portanto ninguém tem que palpitar ...

se vai ser no Tumblr ou aqui não importa ... queremos é vc por aqui compartilhando sua criatividade ...

bjux

;-)

Pimenta disse...

Rá, genial!
Gostei de sua mãe,se eu não estivesse tão longe, chamava ela pra minha vida social, que eu tô pior que você nesse quesito.
Eu quero que meu filho faça braille, esse ano, se der certo, ele começa.
Se sentir rejeitado e subestimaso é cíclico,qualquer ser inteligente se sente assim hoje em dia,rsrsrsr, acostume, e escreva, que agente te diz aqui no bloger que tu é lindo, divino e maravilhoso, sem mentir.
Diz pro bofe que graças a Deus tu é ateu, que ele não vai se importar, rsrs,e faz logo essa pagina no tumblr que eu quero conhecer(nem sei o que é isso direito)!
bjo